segunda-feira, 26 de julho de 2010

Aline e eu


Ela Sol, eu Lua. Aline samba, Biba bamba. Ela Avohai, eu Menino da porteira. Ela Every breath you take, eu Enjoy the silence. Ela romântica, eu hedonista. Ela "Letras", eu Jornalista. Ela Calaf, eu Gates. Ela boteco, eu balada.

Se dói, Aline fala, Biba se cala. E não há erros e nem acertos. Ela cerva gelada, eu vodka com energético. Ela português "bem-dito", eu inglês "mal-dito". Ela interior eu exterior. Ela "poá", eu "tafetá". Ela corações, eu onça. Ela um pouco onça, eu um pouco coração. Ela olhar, eu sorriso.

E nós? Amizade, Romero Britto, Marilyn Monroe, Pinups, borboletas, liberdade, Clarice, ironia; gingado, família, alma, dia-a-dia; simplicidade, ser humano, amor próprio, unilateral, energia; português, escovinha, roupas novas, sintonia... É tanto Eu. É tanto Ela. Não cabemos aqui. Vamos nos complementando num explodir de palavras que revelam um misto de cheio e vazio que nos inquieta.

Nos reconhecemos, enfim.



(Fabiana Carvalho)


Um comentário:

  1. Nós, amizade! Obrigada por olhar pra mim e por me amar mesmo assim.

    ResponderExcluir